Terceirização rasga a CLT e acaba com nossos direitos!

O governo e os empresários querem precarizar as condições de trabalho no País. A lei 13.429, aprovada pelo Congresso e assinada por Michel Temer, serve para explorar a classe trabalhadora brasileira com a legalização da terceirização nas chamadas atividades fim.

Isso quer dizer que agora o patrão pode contratar terceiros para trabalharem, por exemplo, na linha de produção de pneus.

A lei vai fazer com que as empresas promovam uma onda de demissões de trabalhadores e trabalhadoras contratados pela CLT e depois admitam profissionais terceirizados no lugar.

Trocando em miúdos: os empresários pagarão salários mais baixos, haverá aumento da jornada de trabalho, redução dos direitos trabalhistas e as condições no ambiente da fábrica se tornarão péssimas.

O Sindicato dos Borracheiros não aceitará que um governo totalmente contaminado pela corrupção tome decisões arbitrárias e que só prejudiquem o povo. Uma quadrilha não pode definir os rumos do País!

O que a terceirização vai provocar?

- Demissão em massa de funcionários registrados e contratação de terceirizados no lugar.

- Trabalhadores e trabalhadoras sem qualquer direito ou benefícios.

- Redução de salários.

- Maior jornada.

- Mais acidentes de trabalho, já que a empresa não será responsável pela segurança dos funcionários.

Importante!

Graças aos acordos feitos nos últimos anos pelo Sindicato da Borracha, as indústrias de artefatos e pneumáticas ficam impedidas de terceirizar trabalhadores do setor.

Neste ano, vamos lutar para manter essas cláusulas intactas!